Novidades

Novidades

Apartamentos adaptados às necessidades de moradia pós-pandemia em Goiânia

- Novidades

Apartamentos adaptados às necessidades de moradia pós-pandemia em Goiânia 

A pandemia pelo coronavírus alterou a rotina da humanidade. Antes acostumados a um outro ritmo e a estar em lugares que não eram a própria para atividades de estudo, trabalho e lazer. Alguns meses de lockdown e identificamos um novo olhar e novas necessidades para a moradida.
Uma pesquisa da Brain Inteligência Estratégica com foco em olhar mais qualitativo para os imóveis residenciais foi realizado em oito capitais brasileiras, entre elas, Goiânia, que identifica novos hábitos de moradia pós covid-19 que se consolidaram após o surgimento da Covid-19.
Batizado como "Um novo imóvel para um novo consumidor", a pesquisa qualitativa ouviu 128 entrevistados, e aponta para uma velocidade nas tendências imobiliárias que já estavam a caminho. Uma delas é a presença do home office, que tornou-se indispensável para 87% dos participantes. Outra grande tendência é a presença da varanda no imóvel, que será indispensável para as compras de 80% deles.
O espaço do imóvel também passou a ser melhor observado. Ter uma sala para comportar as múltiplas atividades passou a ser um objeto de desejo, assim como um quarto mais privativo, que pudesse ser um refúgio da movimentação da residência cheia. Mais banheiros para atender a todos em casa também passou a somar pontos. A cozinha, diz o estudo, foi a grande descoberta especialmente porque 79% dos participantes das entrevistas disseram ter encontrado nas receitas um hobby para o novo contexto de vida.
Em Goiânia, lançamentos imobiliários sincronizados com essas percepções já começam a ser ofertados. É o caso do Zayn Home Marista, da Elmo Incorporações. Com quatro suítes na Rua 146 do Setor Marista, ele traz inovações como um home office dentro do apartamento, mas com acesso independente, pelo hall de entrada. “Ele seria o quarto dormitório, mas está estrategicamente posicionado na entrada do apartamento, de forma que pode se tornar um acesso de clientes, sem exposição para a privacidade dos moradores”, diz o arquiteto e urbanista que assina o projeto, Paulo Renato Alves.
Com apenas dois apartamentos por andar e elevador social privativo, o Zayn traz maior privacidade aos moradores de seus 65 apartamentos. Além disso, a ventilação e iluminação naturais foram priorizados com a escolha de esquadrias maiores que o convencional. “Teremos suítes máster que contarão com vista de 180° da região”, diz Paulo Renato. A área íntima está totalmente separada da área social, trazendo para os dormitórios possibilidade de que sejam um lugar de pausa para os dias agitados com todos desempenhando atividades dentro de casa.
O lançamento também inaugura o conceito boutique no mercado imobiliário, que traduz o que se tornou a verdadeira sofisticação atualmente, que dispensa os excessos, sem abrir mão do bom gosto. “Luxo hoje só faz sentido se é importante para o usuário do imóvel, se lhe traz conforto ou bem estar”, explica o arquiteto. No térreo, há um espaço designado especialmente para receber as compras e entregas dos moradores, uma necessidade que ganhou força na pandemia com as restrições de saídas e o crescimento do comércio on-line.
Compacto
Outro lançamento em Goiânia, o Hub Compact Life,que será erguido no Setor Bueno pela City Soluções Urbanas, traz diferenciais que se adequam ao novo comportamento do usuário de imóveis. Mesmo os apartamentos oscilando entre 50 a pouco mais de 70 metros quadrados, de uma a duas suítes, ele consegue manter a privacidade do quarto e trazer uma varanda generosa para o morador.
Por um bom tempo, predominou a tendência de se integrá-las à sala de estar, mas agora a sua permanência ganhou força pela necessidade de contato com o mundo exterior. “Mesmo no apartamento de apenas uma suíte, é possível ter uma varanda com um um spa e uma churrasqueira gourmet em sua varanda”, detalha o arquiteto responsável pelo projeto, Victor Tomé.
Na área comum, o edifício traz soluções como uma sala coworking na área comum do empreendimento, com uma parte ao ar livre e ainda cabines individuais que permitem até videoconferência. Por falar em conexão à distância, o prédio terá uma sala de spinning preparada para aulas via internet, onde um personal poderá orientar os praticantes da modalidade virtualmente.
Para acessar o condomínio, os visitantes não precisarão ter contato físico com ninguém, pois a entrada será feita através do sistema QR Insiders, na qual ele apresentará um QR Code para ser recebido no local. O Hub Compact Life terá ainda o City Market, um prático mercado interno que irá reduzir a necessidade de saídas e, consequentemente, contato com produtos que foram tocados por muitas pessoas, como ocorre em um supermercado convencional. O pagamento será via QR Code.
O empreendimento apresenta ainda para o consumidor o conceito wellness nas moradias, que acabou se acentuando ainda mais com a necessidade de isolamento social em razão da pandemia da Covid-19. “O conceito de wellness é perfeitamente aplicado ao luxo compacto pois em ambos há a valorização do essencial, daquilo que realmente é importante e merece destaque e a devida importância”, salienta o arquiteto. 

Receba Novidades

Cadastre seu e-mail e receba novidades da Elmo Engenharia e Incorporações