Novidades

Novidades

Vendas no mercado imobiliário de Goiânia em 2022 devem ser as maiores desde 2011

- Novidades

As vendas no mercado imobiliário de Goiânia em 2022 devem ser as maiores desde 2011. É o que projeta a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi), com base em números do primeiro semestre do ano.

A Ademi afirma que a venda de imóveis, de janeiro a abril de deste ano, cresceu 63% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram vendidas, em 2022, 4.065 unidades, enquanto que, em 2021, no mesmo período, foram 2,5 mil.

“Em apenas quatro meses, já foram comercializadas 4.065 unidades. Se continuar nesse ritmo, vamos concluir o ano com volume de vendas acima das 10,2 mil unidades do ano passado”, afirma Fernando Razuk, presidente da Ademi.

Em 2021, o mercado fechou o ano com o maior volume de vendas desde 2011, quando foram comercializadas 11.504 unidades.

A associação mostra que foram lançadas 4.237 unidades no primeiro quadrimestre do ano, praticamente o triplo do mesmo período no ano passado (de janeiro a abril de 2021 foram lançadas 1.473 unidades). “Os incorporadores se animaram com os bons resultados das vendas nos últimos meses e lançaram mais empreendimentos. Para eles, isso representa um desafio maior, pois o mercado fica mais competitivo,” avalia Razuk.

No entanto, o que importa para o mercado imobiliário são as Vendas Sobre Oferta (VSO). Este é um indicador que mede a velocidade das vendas, proporcionalmente à quantidade de unidades disponíveis para a venda. O VSO mensal está mantendo índice similar ao do ano de 2021, na faixa de 9% ao mês.

O alto volume de lançamentos impacta no volume de distratos. Na comparação de 2022 com 2021, houve aumento. Em 2021, foram distratadas 1.002 unidades, o que representa 9,8% das 10.234 unidades vendidas naquele ano. De janeiro a abril de 2022, foram 612 unidades distratadas, representando 14,4% das 4.237 unidades vendidas no período.

O preço médio de venda nos primeiros quatro meses de 2022 foi 14% maior que o preço de venda médio de 2021. “Quem investiu em imóveis nos últimos meses tem muito o que comemorar, pois a valorização foi grande,” comenta Razuk.

Da redação do Mais Goiás 

Receba Novidades

Cadastre seu e-mail e receba novidades da Elmo Engenharia e Incorporações